Cabral descobriu o Brasil

Sérgio Cabral “tinha como regra cobrar da Odebrecht o pagamento de 5% do valor total das obras”.

A regra dos 5% não foi aplicada apenas no Maracanã, segundo a Folha de S. Paulo. Ela foi aplicada também na linha 4 do metrô e no Comperj, o segundo maior desfalque da Petrobras.

Cabral na linha 4 do metrô

Cabral no Comperj

200