Cabral ganhou a Copa

A Odebrecht acusou Sérgio Cabral de ter cobrado 5% de propina pela reforma do Maracanã.

Segundo a Folha de S. Paulo, a denúncia foi feita à Lava Jato por Benedicto Barbosa da Silva Júnior, diretor da empreiteira.

A reportagem lembra que as obras deveriam ter custado 720 milhões de reais, mas acabaram saindo por 1,2 bilhão de reais.

Cabral e seus comparsas inauguram o Maracanã


200