CABRAL ROUBOU 224 MILHÕES DE REAIS

Sérgio Cabral está sendo preso pela PF porque seu esquema desviou 224 milhões de reais em contratos com empreiteiras.

O Globo diz que, “além de Cabral, são alvos da operação o ex-secretário de Governo Wilson Carlos, o ex-secretário estadual de Obras Hudson Braga, e o ex-assessor do governador Carlos Emanuel de Carvalho Miranda, o Carlinhos, ex-marido de uma prima de Cabral”.

Cabral é acusado dos crimes de corrupção, organização criminosa e lavagem de dinheiro.

Foram expedidos dois mandados de prisão preventiva contra ele: um do juiz Marcelo Bretas e outro do juiz Sergio Moro.