Cabral também era comandante

Rodrigo Janot chama Sérgio Cabral de “líder de organização criminosa”, em parecer protocolado no STF, informa O Globo.

Mas Cabral agia só no Rio.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;

Ler 25 comentários
  1. Janot tem que se concentrar em Lula e Dilma, 13 anos consecutivos de crimes nacionais e internacionais!!! A África, o Carbe e a América Latina aguardam a “Justiça brasileira”!!!!!

  2. Crápula golpista! Comunista de m… P ele tudo é uma Orcrim, escolhe um desafeto lá e diz que é o chefe da Orcrim. O único critério desse m.. e nunca incriminar o verdadeiro chefe – o chefao, o comandante máximo da Orcrim: seu amigo e ídolo Lulladrao. O maior criminoso do país tem perdão total desse vomitador da república. Lulla na cadeia!!

  3. Dizem os “espritas” que ele possivelmente seja a reencarnação do primeiro invasor do Brasil, o Pedro Álvares. Só que naquela época, ele tinha que se contentar com índia pelada, mandioca, arco e flecha. Mas, nessa última, a coisa ficou pra lá de boa. Jóias, diamantes, iates, carrões, farra com mulherões, co…mida francesa… Pensando bem, ficou pior do que no início. É o karma.

  4. Todo Estado tem o seu Cabral. Se os MPEs realmente investigassem governadores e prefeitos, estariam todos no mesma “vala comum”. Porém, eles não estão interessados, seja porque vai dá muito trabalho, seja porque podem continuar se beneficiando. Além, claro, do suporte inadequado das polícias civis, que sempre foram extremante deficientes (não apenas por falta de recursos, mas que por falta de gestão e controle adequados se tornam muito parecidas moralmente com os seus gestores).

  5. “O beija-mão da propina Para seduzir o Ministério Público a aceitar sua delação, o ex-governador do Rio Sérgio Cabral promete contar como foi o encontro entre ele, Lula e Eduardo Paes para comprar a Olimpíada do Rio” http://piaui.folha.uol.com.br/o-beija-mao-da-propina/

  6. Importantíssima esse expressão, para que o maior bandido do Brasil (esqueçam Lula, esse já foi inocentado pelo maravilhoso povo brasileiro) não se safe com uma delação premiada.

  7. O que é curioso é que Cabral foi “sócio” de Lula e depois de Dilma enquanto Presidentes da República e nenhum dos dois últimos picaretas foram indiciados, sequer citados, pelo PGR nos seus quatro anos de mandato. Pelo visto ele até agora não teve tempo de se debruçar para estudar os crimes dos opositores ao PT e suas facções criminosas. Mas terá até setembro para isso. Vamos ter paciência.

  8. Janot, sua AMNÉSIA não permite enxergar Lula e Dilma como chefes de organização criminosa? Por quê? Sua posição de Procurador está CHAMUSCADA! Sua SELETIVIDADE também ENOJA. DÁ VÔMITOS!!!!

  9. A sim , entendi . Cabral é líder , comandante . Joesley tinha no bolso 1829 políticos , centenas de agentes de bancos públicos , judiciário , órgãos de fiscalização , ministros , presidente e ex presidente , imprensa todos cooptados pelo pobre açougueiro .