ACESSE

Cadê o "capinha" do ministro?

Telegram

A história do “capinha” do ministro Napoleão Maia, do STJ, revelada por Crusoé nesta semana, está ficando cada vez mais curiosa.

Embora sirva a Maia, ele não consta dos registros do tribunal — e ninguém quer falar sobre ele.

Leia a nota recém-publicada por Rodrigo Rangel, autor da reportagem:

Leia também:
Em destaque:capinhaCrusoéJBS

O “capinha” do ministro: ninguém sabe, ninguém viu

Comentários

  • JorgeS -

    Cuidado com "A ira do profeta".

  • No -

    Esse capinha deve estar currando Napoleão sem capa...

  • Olha -

    De repente, sei lá, rola alguma afinidade carnal, homo-afetiva, um relacionamento qualquer. A coisa mais normal no funcionalismo público é nomear mulher, marido, amante, parentes, sogros, noras... nos gabinetes públicos.

Ler 26 comentários