ACESSE

CADÊ O PETISTA?

Telegram

A investigação do “rachid”, que aperta o senador Flávio Bolsonaro, até agora não deu em nada para o petista André Ceciliano, embora seu gabinete na Assembleia esteja no topo da relação de movimentações suspeitas, diz a Crusoé.

Segundo o antigo Coaf, atual Unidade de Inteligência Financeira, quatro assessores de Ceciliano movimentaram 49 milhões de reais, quarenta vezes o valor de 1,2 milhão atribuído a Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio.

Leia a reportagem completa aqui.

01 sem blindagem. CONFIRA

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 124 comentários