Cadê o Russomanno?

João Doria e Paulo Skaf beneficiam-se, no Datafolha sobre as intenções de voto para o governo de São Paulo, da supressão do nome de Celso Russomanno da pesquisa.

A pedido do PRB, Russomanno deve desistir de disputar o cargo.

Mas, se um condenado como Lula foi colocado no Datafolha para o Palácio do Planalto, não há lógica em deixar Russomanno fora da pesquisa para o Palácio dos Bandeirantess, uma vez que ele ainda poderá estar no páreo — ao contrário de Lula.

Pois é.

 

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 5 comentários