Cafezinho no PT

O mesmo relatório da Receita Federal que denunciou a “proximidade” entre Lula e Mauro Marcondes, denunciou também que o lobista tinha “trânsito facilitado com outros agentes públicos, especialmente do PT”.

Estadão:

“Entre as ‘pendências’ de Mauro Marcondes em agosto daquele ano, constam ainda ‘ligar para Gilberto Carvalho’ e uma reunião com o então ministro do Desenvolvimento e hoje governador de Minas, Fernando Pimentel, para tratar de benefícios para a indústria de pneus”.

Mais ainda.

Em 17 de abril de 2013, o lobista reuniu-se com Antonio Palocci, Aloizio Mercadante e Luiz Marinho.

Faça o primeiro comentário