Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Cai secretário de Informática do TSE, 'pai' da urna eletrônica

Giuseppe Janino estava no cargo havia 15 anos; falhas no sistema do tribunal nas eleições municipais motivaram substituição
Cai secretário de Informática do TSE, pai da urna eletrônica
Reprodução/TV Justiça

Luís Roberto Barroso removeu Giuseppe Janino do comando da Secretaria de Tecnologia da Informação do Tribunal Superior Eleitoral. O servidor estava no cargo havia 15 anos e é considerado o “pai” da urna eletrônica.

Janino mantém o mesmo nível comissionado (CJ-3), mas exercerá a partir de agora função de assessor especial no gabinete da Presidência do TSE.

A decisão de substituí-lo foi tomada há alguns meses, depois de uma série de ocorrências registradas nas últimas eleições municipais. Um relatório da OEA concluiu que sistemas não estavam concluídos quando já iniciada a campanha.

Houve atraso na totalização dos votos, falhas no aplicativo do TSE, na prestação de contas dos candidatos e até na autuação dos processos, além de um ataque hacker que levantou uma série de especulações.

Para o lugar de Janino, Barroso nomeou Júlio Valente da Costa Jr. O ministro avalia que é necessária uma visão global de sistemas, e não apenas do voto eletrônico. A substituição ocorre em meio ao debate sobre a impressão do voto eletrônico.

Leia mais: Não deixe de ler a edição especial da Crusoé, a revista que fiscaliza TODOS os poderes.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO