Caiado diz que Bolsonaro criou 'crise de governabilidade' com estados

Telegram

Ronaldo Caiado disse à CNN que no pronunciamento de ontem Jair Bolsonaro criou uma crise de governabilidade junto aos chefes dos Executivos estaduais, ao incentivar a população a deixarem suas casas, como havia sido determinado em várias unidades.

“Como é que o presidente grava dizendo que todo mundo pode voltar à aula, voltar ao trabalho? Passei a noite toda recebendo telefonemas, pessoas querendo saber: ‘mas o que vale em Goiás, a decisão do senhor ou do presidente da República?'”, afirmou.

“Então é correto criar-se uma crise de governabilidade dessa? Não ter um respeito pelos governadores e poder pelo menos comunicar, ou pelo menos argumentar conosco que iria tomar essa decisão.”

Leia também: Leandro Narloch: 'Eduardo Bolsonaro está certo.'

O governador de Goiás reafirmou que a quarentena no estado vai até o dia 4 de abril — no período, será avaliada a curva de crescimento do novo coronavírus para reabertura gradual das atividades. Ele disse estar ciente das perdas econômicas.

“Nós sabemos disso, isso aconteceu em todo lugar do mundo. Agora de repente as pessoas não podem dizer: ‘Olha, se então continuarmos com essa quarentena será um colapso total, todo mundo vai ficar desempregado, aí não tem mais transportadora, caminhão não acha mais posto na estrada’… Que é isso? Calma! Ninguém está fazendo isso, todos nós sabemos calibrar e modular muito bem as coisas”.

Comentários

  • Elisabete -

    Até que enfim aparece um equilibrado .O.poder está enlouquecendo o presidente ou era assim?

  • Severino -

    Parabéns Governador Caiado.

  • Mello -

    Parabéns aos governadores que não se intimidaram com a boçalidade de ontem. Que tenham bom senso nas medidas.

Ler 43 comentários