Caixa anuncia devolução de R$ 3 bi, e Guedes fala em governo “fraterno”

Paulo Guedes participou nesta quarta-feira do anúncio da devolução de R$ 3 bilhões da Caixa Econômica Federal ao Tesouro — como pagamento de empréstimos feitos no governo de Dilma Rousseff. Aos jornalistas, o ministro da Economia falou em “fraternidade” da atual gestão.

“O que é importante é que um governo mais eficiente pode ser mais fraterno. A fraternidade é permitida exatamente pela maior eficiência. É isso o que estamos fazendo. Com a eficiência, você garante a fraternidade. Sem eficiência, você quebra e não consegue ser fraterno”, disse Guedes.

Paulo Guedes aproveitou para defender a reforma da Previdência.

“A Nova Previdência vai garantir mais fraternidade. É para garantir as aposentadorias.”

Quem é o nome que agrada o mercado, se Guedes sair. Mais aqui

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. CCarmen Santerini disse:

    Guedes bem abatido. Tb c/tudo isso acontecendo... O governo começa a mostrar na midia, as ações positivas. Tem que mostrar mesmo. E no caso, divulgar. A Caixa precisa capitalizar-se do rombo do PT.

Ler comentários
  1. Alex disse:

    Essas palavras do Guedes devem ser memoradas e replicadas nas universidades.

  2. Arlindo disse:

    É tudo muito fraterno para meu gosto.

  3. Giusti disse:

    Não é só a eficiência, esse dinheiro só "sobrou" pq a roubalheira acabou.

  4. Getulio disse:

    A César o que é de César, ao erário o que de fato lhe pertence. Em outras palavras, o dinheiro é do contribuinte e faz falta aos programas de educação e saúde publica, além de segurança.

    1. Resolvidas as pendências com a Caixa e o BB, foque-se o BNDES, mormente seus projetos internacionais. Como custa abrir aquela caixa-preta. Muita gente se borra ao imaginar o feito.

  5. Thiago disse:

    "fraterno"... falta culhões pro BOZO assumir que é socialista de uma vez... mais comuna que o LULA.

  6. Roberto disse:

    Guedes é fraterno com seus amigos banqueiros, e tigrão com o trabalhador.

  7. Gonçalo disse:

    Um exemplo de pedaladas este empréstimo da CEF ao governo. Bancos públicos não podem emprestar dinheiro a governos. E ainda dizem que não houve nada que Dilma é inocente...

    1. Não é empréstimo. É devolução de dívida. Assim entendi.

  8. Wilson disse:

    A devolução da Caixa não é nada fraterno, é sim uma atitude correta e legal, aí sim tudo bem Sr paulo guedes...

  9. Tardelli disse:

    Um governo que adota o liberalismo selvagem, usando discurso socialista para enganar as pessoas.

  10. SPA disse:

    Na era PT/ MDB , os governos tiravam da Caixa ; Mirian Belchior , Angorá , Geddel ....

  11. Renato disse:

    Sim, fraternidade na dificuldade. Conhecemos bem esse discurso.

  12. AUGUSTO disse:

    Se está esperando fraternidade na política , já encomenda um colete à provas de facadas nas costas .

  13. OBSERVADOR🇧🇷 disse:

    Bilhões da Loteria do Povo Sofredor