Calma, nem tudo está perdido

Os deputados da base aliada podem usar o regimento da Câmara para colocar em votação na segunda-feira a PEC 241.

Há no Regimento a possibilidade de se votar uma “quebra de insterstício”, ou seja, anular a necessidade de duas sessões para colocar o texto em votação.

Pelo Regimento Interno, seria necessário o intervalo de duas sessões entre a votação da proposta na comissão especial e no Plenário. A quebra desse prazo permitiria a votação da matéria na segunda à tarde.

Rodrigo Maia afirmou hoje que será apresentado na segunda-feira um requerimento para anular a necessidade do prazo de duas sessões. Maia convocou sessão extraordinária para meio-dia.

Hoje não houve quórum suficiente para iniciar a discussão da PEC que fixa um teto para os gastos da União.

Faça o primeiro comentário