Calote da Venezuela no BNDES "dificilmente" será pago

Do calote de US$ 262 milhões da Venezuela no Brasil anunciado em setembro, US$ 115 milhões são com o BNDES, registra o Estadão.

O caso é o mais preocupante.

“O banco tem mais US$ 274 milhões a receber apenas neste ano, do saldo devedor total de US$ 814 milhões. O atraso da parcela deste ano implicaria gasto adicional de R$ 885 milhões no Orçamento federal de 2018.

A avaliação do governo é que dificilmente a dívida será paga normalmente, disse uma fonte.”

Lula, o apoiador do regime socialista erguido com dinheiro dos brasileiros e propinas da Odebrecht, deveria assumi-la.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO