ACESSE

Câmara aprova auxílio emergencial para artistas

Telegram

Como esperado, a Câmara acaba de aprovar, em votação simbólica, o projeto que cria um auxílio emergencial de R$ 600 para artistas e produtores em meio à pandemia da Covid-19.

Somente o partido Novo orientou voto “não” à proposta — entenda aqui os motivos.

A chamada Lei de Emergência Cultural prevê a destinação de R$ 3,6 bilhões na aplicação dessas ações. O projeto — de autoria da petista Benedita da Silva e relatado por Jandira Feghali (PCdoB) — garante a renda emergencial de R$ 600, retroativa a 1º de maio, para artistas, produtores, técnicos, curadores e professores de escolas de arte com rendimentos médios comprovados de até três salários mínimos.

O governo orientou voto “sim”. O líder do governo na Câmara, Vitor Hugo, agradeceu o empenho do deputado Arthur Lira, expoente do Centrão, que “ajudou na articulação para o acordo” da aprovação da matéria.

O projeto segue para o Senado.

Leia também: Lições da gripe espanhola de 1918 para hoje a pandemia de hoje

Comentários

  • Claudia -

    Fala sério!!!! Vivem mamando no governo! Td petista de carteirinha

  • Lucia -

    Pra pagar a luz do apartamento da Maitê no Ed Chopin, na Av Atlantica, com certeza não vai dar.

  • MARCO -

    Quem ganha 6mil reais não precisa de auxilio,vamos combinar. Nem quem ganha 4mil. Até 1 sm, vá lá e olhr lá....

Ler 28 comentários