ACESSE

Câmara aprova cadastro único de desaparecidos

Telegram

Em mais uma medida do pacote de segurança pública, a Câmara aprovou hoje projeto de lei que cria um cadastro nacional único de pessoas desaparecidas. O texto segue agora para o Senado.

Pelo projeto, o Ministério da Justiça fica responsável por implantar e coordenar o cadastro, com dados atualizados pelos órgãos de segurança pública estaduais e federais. O texto prevê punição –perda de repasses voluntários da União– caso as atualizações não sejam feitas.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 6 comentários