Câmara aprova prorrogação de contrato de 3,6 mil profissionais de saúde do Rio

A Câmara aprovou hoje uma medida provisória que autoriza o Ministério da Saúde a prorrogar o contrato de 3,6 mil profissionais temporários de saúde no Rio de Janeiro até 31 de dezembro.

Os profissionais atuam nos seis hospitais federais do estado.

Na MP, o governo afirmou que a contratação serviu para “atender a necessidade temporária de excepcional interesse público”, em razão da pandemia.

A proposta editada por Jair Bolsonaro previa a prorrogação dos contratos até 30 de novembro. O relator Luizinho (PP), porém, prorrogou os contratos até 31 de dezembro.

Leia mais: O erro dos governadores na pandemia. Clique aqui para ler mais
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 2 comentários
TOPO