Câmara aprova texto-base da MP que recria o Ministério das Comunicações

A Câmara aprovou há pouco a medida provisória que recria o Ministério das Comunicações. Os deputados agora analisam os destaques, que são sugestões de alteração no texto.

A oposição defende, em um dos destaques, que a Secretaria de Comunicação (Secom) saia do Ministério das Comunicações e volta para a Presidência da República.

Jair Bolsonaro recriou a pasta em 10 de junho e convidou o deputado Fábio Faria (PSD), genro de Silvio Santos, para chefiar o ministério.

A medida provisória ainda terá de ser aprovada pelo Senado para seguir à sanção presidencial. A data-limite é 6 de outubro.

Leia mais: Diogo Mainardi: o interesse de Bolsonaro, Gilmar e Toffoli pelo jornalismo independente
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 16 comentários
TOPO