Câmara de Petrópolis quer anular Dia do Servidor Bonito Esteticamente

A Câmara Municipal de Petrópolis agora quer voltar atrás e revogar o Dia do Servidor Público Municipal Bonito Esteticamente.

“A Casa entendeu, diante das manifestações populares, não ser adequada a lei, na forma como foi proposta e apresentada, e estará revogando a mesma”, afirma a nota divulgada pelos vereadores.

Em nota, o prefeito Bernardo Rossi confirmou a revogação da lei. Também pediu desculpas aos petropolitanos e, “em especial”, aos servidores públicos.

Revogar as piadas que continuam circulando pela internet será bem mais difícil.

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. Maira Trindade disse:

    É a pederastia se juntando à roubalheira entre os pulitikús do Brasil. Depois de eleito o mais bonito, todos irão fazer tatuagens com a foto do bofe.

Ler comentários
  1. Arqueiro trapalhão disse:

    Que tal criar o dia do vereador sem noção de Petrópolis?

  2. Martins Jr. disse:

    Esse dia comemorativo não se aplica à Jandirão, Benedita e outras mocréias bolivarianas peludas....kkkkkkkkkkk

    1. E como é que você sabe que Jandirão, Benedita e outras mocréias bolivarianas são peludas ?

  3. Simiju Murukai disse:

    Depois que o cavalo escapou não adianta fechar a porteira. O mal já está feito. Petrópolis já é uma chacota nacional, quiçá mundial... He He He ...

  4. Marzia disse:

    O Brasil é decididamente escatológico!!!!!!!!!!!!!

  5. Pedro disse:

    Eles deveriam aproveitar e criar o “DIA DO SERVIDOR PÚBLICO MUNICIPAL QUE TEM WERDA NA CABEÇA”. Já haveria um vencedor em 2017…

  6. Flavio de Albuquerque Lima disse:

    Ótimo exemplo das leis de que nossos legisladores cocorócas produzem.

  7. São campeões! disse:

    Os caras perderem tempo, dinheiro e recursos com uma MERD* dessas, é o C* do mundo mesmo. Fazem jús ao título de campeões das "bananadas, baboseiras e ridiculices" mundiais. Mais um título para orgulhar o Brasil neste quesito, bem típico da era pós 2003.

  8. Carioca Indignado de Petrópolis disse:

    Aí vc se pergunta ... pra que serve esses escrotos transvestidos de vereadores ??? Pra que serve essa -classe - corja organizada ... e agora, no melhor exemplo de sua total falta de necessidade ao povo - especial de Petrópolis???? Mínimo ... vão pra casa !!! Vamo-nos, porem ... vestidos !!!! Palhaços !!!

  9. Pelotense Desprezado disse:

    Isso é coisa de via_do, sem dúvida. A SUDERJ informa: sai Pelotas e entra Petrópolis, como cidade viadônica.

  10. pitico disse:

    O eleitor brasileiro adora ser feito de palhaço ou é uma marionete e tem de vestir a carapuça, vota em qualquer candidato sem saber quem é ou o que faz. Viva a ignorância do analfabeto político, os mafiosos corruptos agradecem a preferência.

  11. Cidadão disse:

    Isto é escárnio para com o cidadão!!!

  12. Bruno disse:

    Aproveitem e revoguem o uso de "mesmo" como pronome.

  13. b.f.a.k. disse:

    não adianta mais ! . o país inteiro e o mundo todo, a internet está aí para isso mesmo, já sabem que a tal câmara municipal de petrópolis É UMA PALHAÇADA ! . RETRATO PERFEITO DO legislativo tupiniquim !!! RETRATO PERFEITO DO legislativo tupiniquim !!! RETRATO PERFEITO DO legislativo tupiniquim !!! . U R R A !!! !!! !!!

  14. ricardo disse:

    Por que não criar logo o Dia do Pederasta e parar de frescura?

  15. pupeteer disse:

    se for mulher pode mudar para dia da servidora de traseiro grande e em pé!

  16. Rachel disse:

    Sem comentários, a cara de pau só aprimora.

  17. It disse:

    Políticos sendo políticos. Cada eleitor tem os que merece!

  18. Chinelagem Petropolitana disse:

    Esses jumentos deveriam criar o "Dia do Vereador Com Melancia Pendurada no Pescoço". Seria comemorado de segundas a sextas-feiras, de cumprimento obrigatório pelos edis de Petrópolis. E, em homenagem aos eleitores petropolitanos, deveriam criar o "Dia do Eleitor Palhaço".

  19. Freud explica. disse:

    Um vereador pira e todos vão atrás. Passado o surto, querem desfazer a loucura.