Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Câmara derruba destaques e conclui afrouxamento da Lei de Improbidade

Prevaleceu o texto do relator, o petista Carlos Zarattini; proposta abranda as regras em vigor que combatem irregularidades cometidas por gestores públicos
Câmara derruba destaques e conclui afrouxamento da Lei de Improbidade
Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

A Câmara concluiu na noite desta quarta-feira, 16, a votação da nova Lei de Improbidade Administrativa. Foram rejeitados todos os destaques —propostas de modificação do texto— apresentados por diversos partidos.

Com isso, ficou valendo o texto do relator, o petista Carlos Zarattini.

A proposta afrouxa as regras em vigor que combatem irregularidades cometidas por gestores públicos. Graças à pressão de outras bancadas, porém, Zarattini recuou no artigo que vinha sendo chamado de “legalização do nepotismo”.

LEIA AQUI a reportagem de André Spigariol na Crusoé; assine a revista e apoie o jornalismo independente.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO