Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Câmara deve aprovar auxílio emergencial para o setor de cultura: Guedes está sabendo?

A Câmara está votando na tarde de hoje, com tendência de aprovação, um projeto que prevê ajuda emergencial para o setor de cultura em meio à pandemia da Covid-19.

A chamada Lei de Emergência Cultural prevê a destinação de R$ 3,6 bilhões na aplicação dessas ações. O projeto — de autoria da petista Benedita da Silva e relatado por Jandira Feghali (PCdoB) — garante a renda emergencial de R$ 600, retroativa a 1º de maio, para artistas, produtores, técnicos, curadores e professores de escolas de arte com rendimentos médios comprovados de até três salários mínimos.

Até aqui, todos os partidos orientaram voto “sim”. A deputada Daniela do Waguinho (MDB), por exemplo, elogiou a proposta:

“Meu voto é favorável ao auxílio emergencial para socorrer nossos artistas. Precisamos olhar para todos os que integram o setor cultural e sofrem nesta pandemia, porque os eventos foram cancelados. Famílias estão sem nenhuma fonte de renda em todo Brasil, precisamos socorrer os desamparados.”

O conteúdo do projeto pode ser justo e louvável, mas Paulo Guedes está sabendo?

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....