Câmara manda recado a Temer

A aprovação da versão desidratada da renegociação das dívidas estaduais é um recado da Câmara a Temer: os deputados podem até dizer “sim”, mas vão cobrar mais para dizer “sim, senhor.”

Faça o primeiro comentário