Câmara não vai ser 'instrumento de disputa política entre Bolsonaro e governadores', diz Maia

Telegram

Em entrevista coletiva, Rodrigo Maia afirmou nesta quinta-feira (9) que a Câmara não será um instrumento da “disputa política entre Bolsonaro e governadores”.

Ele afirmou que adiou a votação da proposta alternativa ao Plano Mansueto, que prevê a recomposição do ICMS e ISS dos estados e municípios, para segunda-feira. E explicou que a proposta foi construída a partir de conversa com técnicos da equipe econômica.

“O governo está procurando muitos líderes da Câmara e está dialogando. Esse é o papel dos líderes. Eu conversei com muitos técnicos da equipe econômica e cheguei a este resultado. Eu não, o Pedro Paulo chegou a este resultado, ouvindo muitos técnicos. Agora, se o governo tem uma outra proposta, estamos dispostos a ouvi-los. O que não estamos dispostos é ser um instrumento da disputa política entre Bolsonaro e os governadores.”

Comentários

  • Zunara -

    BOTAFOGO PENICO DE DIARREIA. IRÁS PAGAR POR TUDO QUE FAZES

  • heloisa -

    cala essa boca seu estúpido, vc tem ideia do quanto vc é odiado pelos eleitores, mais politicagem de quinta categoria do que vc faz não existe; fora a canalhice de roubar o povo em plena crise!!!

  • Eliz -

    MAIA O PRINCIPE MAQUIAVEL!!!

Ler 33 comentários