ACESSE

Câmara tenta avançar com reforma tributária

Telegram

A Câmara se prepara para retomar, de forma online, as discussões da reforma tributária na comissão especial que trata da matéria.

A expectativa de Rodrigo Maia é organizar ainda nesta semana um novo cronograma para a discussão de votação da PEC.

Os debates começam a ganhar força na Câmara, mas senadores preferem não avançar com o tema agora.

Desde a segunda semana de junho, quando se intensificou a articulação para retomar as discussões da reforma tributária, Davi Alcolumbre tem sentido resistência de senadores, que preferem deixar a votação da PEC para depois da pandemia.

Por outro lado, Maia quer votar a proposta antes do fim de sua gestão como presidente da Câmara. O democrata segue no cargo até fevereiro de 2021, mas, com as eleições municipais em novembro e o recesso em janeiro, a proposta teria de ser votada até outubro.

O líder do DEM no Senado, Rodrigo Pacheco, é contra retomar o debate da reforma tributária neste momento:

“A reforma tributária é tão necessária quanto sensível. Fazê-la no auge da pandemia, por sessão remota, sem ouvir os setores econômicos e sem um debate muito amplo com a sociedade, será um erro. Um tipo de erro que pode ser fatal para o país”, disse ele a O Antagonista.

Leia mais: Comprovação do elo entre a Presidência da República e o gabinete do ódio complica Bolsonaro. Clique e leia

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 6 comentários