ACESSE

"Câmara vai construir agenda ambiental para este semestre", diz presidente da comissão de Meio Ambiente

Telegram

O presidente da comissão de Meio Ambiente da Câmara, Rodrigo Agostinho (PSB-SP), afirmou a O Antagonista que vai participar, nos próximos dias, de uma reunião com Rodrigo Maia e lideranças para construir uma agenda ambiental neste semestre.

“Quando o governo não faz a sua parte, o Congresso acaba ficando com o protagonismo em alguns temas. Na questão ambiental, a ideia é construir uma agenda propositiva, que possa colocar em votação. Trabalhar do ponto de vista consensual.”

 

A retomada da pauta ambiental é uma proposta de Rodrigo Maia. O presidente da Câmara pretende estabelecer uma agenda nesta semana, para viabilizar votações e acenar para partidos de oposição, com olho na eleição da presidência da Casa.

Segundo Agostinho, há dois projetos que devem ser priorizados. Um deles aumenta as punições para quem desmata. O outro cria um marco legal para a energia solar, em uma tentativa de atrair investimentos.

Para o presidente da comissão, o PL da regularização fundiária, prioridade do governo, não deve entrar na agenda.

“Apesar de o texto ter melhorado muito –o deputado Marcelo Ramos fez um trabalho importante–, o projeto ainda vai na direção contrária daquilo que a gente quer. É uma proposta que incentiva o desmatamento. Não dá para fazer regularização fundiária, incentivar as pessoas a continuarem invadindo terra pública na Amazônia neste momento.”

Leia mais: Exclusivo: a casa secreta de Brasília onde ministro conspira contra ministro

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 10 comentários