Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Campanha de Doria vai à polícia após vazamento de mensagens no WhatsApp

Secretário do governador paulista, que pediu a investigação, associou o suposto hackeamento à disputa com Eduardo Leite nas prévias do PSDB
Campanha de Doria vai à polícia após vazamento de mensagens no WhatsApp
Reprodução/Youtube/Jornal O Globo

A campanha de João Doria (foto) nas prévias presidenciais do PSDB pediu à polícia uma investigação sobre um suposto “hackeamento” do grupo de WhatsApp usado pelos aliados do tucano, informa Fabio Leite na Crusoé.

As suspeitas de que o celular de algum dos aliados do governador paulista tenha sido invadido por um hacker foram levantadas após o vazamento de conversas mantidas pelo grupo no aplicativo nesta quarta-feira, 27.

O pedido de investigação foi feito pelo secretário particular do governador, Wilson Pedroso. Ele associou o suposto hackeamento à disputa interna com Eduardo Leite.

LEIA MAIS na Crusoé; assine a revista e apoie o jornalismo independente.

Mais notícias
TOPO