Candidato a delator

Dentre os nomes dos beneficiários do “Fundo Consist” para a turma de Gleisi e Bernardo está Zeno Minuzzo, tesoureiro do PT Paraná.

Minuzzo foi chefe de gabinete de Paulo Bernardo quando deputado. Depois, ficou com seu suplente Dilto Vitorassi – quando PB virou ministro. Em seguida, Minuzzo passou ao gabinete de André Vargas e virou seu tesoureiro na presidência do PT Paraná. Lá ficou.

Minuzzo foi citado na CPI dos Correios e depois esquecido. Minuzzo foi o “homem da mala” do PT nas eleições municipais de Londrina em 2004. Minuzzo presta serviços à Prefeitura de Colombo, região metropolitana de Curitiba.

Se ele quiser escapar da cadeia, basta virar o delator da República do Paraná.

O homem que sabe os segredos da alcova política do casal Gleisi e Bernardo

Faça o primeiro comentário