ACESSE

Candidato à PGR é contra criminalização da homofobia

Telegram

Em audiência com Jair Bolsonaro, que registramos ontem, o subprocurador Paulo Gonet, um dos nomes cotados para suceder Raquel Dodge na PGR, deixou o presidente satisfeito ao manifestar sua posição sobre a criminalização da homofobia.

Segundo o Painel, da Folha, Gonet disse ser contrário à criminalização. E ainda afirmou que o STF tem invadido indevidamente prerrogativas que são do Poder Legislativo.

O capitão enquadra os generais. Saiba tudo

Comentários

  • Nani -

    Eu confio plenamente em meu Presidente. Como tantas outras, sua escolha será extraordinaria.

  • Jorge -

    Agora,todos são alinhados e ótimos mas,entra num dia,no outro já começam a conspirar.O melhor é Lauro Cardoso,coloca o Pqd Bolsonaro pois este,não vai te trair,coloca o Lauro Cardoso pois é o m

  • Bah!!!! -

    Ja começou caghando no phau!!!!!!!!!!!!!! STF não qué POHA!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Ler 37 comentários