Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Candidato do 'polo democrático' teria menos rejeição que Lula e Bolsonaro, diz deputado

Candidato do polo democrático teria menos rejeição que Lula e Bolsonaro, diz deputado
Foto: Michel Jesus/Câmara dos Deputados

A turma do “polo democrático” sabe que, se conseguirem construir uma candidatura única, é grande a chance de quebrar a polarização entre Lula e Jair Bolsonaro em 2022.

As pesquisas mostram que, se trabalharmos para ter uma única candidatura da terceira via, uma candidatura equilibrada, que represente setores ponderados da sociedade, temos condições de ir ao segundo turno e, naturalmente, com mais condições de vencer, em razão da ausência de rejeição”, disse a O Antagonista o líder do Cidadania na Câmara, deputado Alex Manente.

“O grande trabalho desse segmento é organizar uma única candidatura”, acrescentou.

Ontem, o STF praticamente ratificou a elegibilidade de Lula. Ciro Gomes (PDT) anunciou João Santana como seu marqueteiro.

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie a o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO