ACESSE

Candidatos à presidência do Senado não pretendem investigar Flávio Bolsonaro

Telegram

A Folha procurou seis dos nove pré-candidatos ao comando do Senado para questioná-los sobre a possibilidade de investigar Flávio Bolsonaro na Casa.

A maioria dos entrevistados disse que não se deve pré-julgar o filho do presidente e que ele já está sendo alvo de investigação do Ministério Público.

“A investigação no Senado só acontece em circunstâncias especialíssimas. Temos com relação a ele as melhores expectativas, de que é um moço que quer trabalhar, que quer fazer um bom mandato, que tem posições e defende-as. O que nós queremos é o melhor dele neste momento complexo da vida nacional. A expectativa que nós temos é a melhor possível”, disse Renan Calheiros.

Simone Tebet e Major Olímpio também disseram que é prematuro avançar nessa pauta no Senado.

As pautas de combate à corrupção irão para a lata de lixo? Veja aqui!

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 135 comentários