Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Capitã Cloroquina pediu para Saúde financiar viagem a Manaus

Capitã Cloroquina pediu para Saúde financiar viagem a Manaus
Foto: Júlio Nascimento/PR

As viagens dos bolsonaristas a Manaus, a fim de disseminar o “kit covid”, às vésperas do colapso dos hospitais, foram pagas a pedido de Mayra Pinheiro, a Capitã Cloroquina.

O olavista Hélio Angotti Neto, secretário de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde, disse ao Ministério Público Federal, em depoimento reproduzido pela Folha de S. Paulo:

“Quando a secretária Mayra voltou de Manaus, ela voltou trazendo a situação que nós encontramos lá, situação de alerta, de alarme, e aí uma série de ações foram iniciadas de forma simultânea. Até houve uma distribuição de atividades, e aí ela pediu ajuda, ‘olha, ajuda a gente a mobilizar para levar alguns voluntários para que a gente possa fazer uma prospecção lá’”.

Angotti disse também desconhecer o motivo de sua pasta ter bancado as viagens, que custaram 4.200 reais para cada integrante, incluindo passagens e diárias.

Em janeiro, o Ministério da Saúde multiplicou o envio de cloroquina para Manaus. Dos 511 mil comprimidos enviados até então, 130 mil chegaram em janeiro de 2021.

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO