Cardozo e os seus patetas

Graças à patetice, o Brasil ainda não se tornou uma Venezuela. O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, pretendente a uma vaga no Supremo Tribunal Federal, já foi avisado pelo PMDB que, depois da gravação fajuta que envolvia Eduardo Cunha num pagamento de propina, ele jamais terá o apoio do partido.
O PMDB credita a Cardozo a busca feita pela PF no avião do então candidato do partido ao governo do Maranhão, Edison Lobão Filho, em setembro. O trabalho de convencer os peemedebistas do contrário estava quase tendo um final feliz para Cardozo, quando surgiu a gravação contra Eduardo Cunha. O PMDB acha agora que foi outra alopragem comandada pelo ministro.


Ops, os patetas de Cardozo Moe foram pegos…

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200