Carlão, o garçom, vai servir na prisão

Será que agora a imprensa vai atrás de Carlos Cortegoso, o garçom de Lula que é dono da Focal e da CRLS?

Só para lembrar. A Focal recebeu R$ 24 milhões da campanha de Dilma em 2014 e R$ 14 milhões em 2010, além de ter atendido as campanhas de Lula. A CRLS foi descoberta pela Operação Pixuleco II como destinatária de propina desviada do Ministério do Planejamento.

Vamos ver quem ri por último, Carlão.