Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Carlos Fernando defende candidatura de Moro: "Caso de defesa da democracia"

Em entrevista ao Papo Antagonista, o ex-coordenador da Lava Jato disse que seria uma resposta à tentativa de "cassar direitos" de juízes e procuradores
Carlos Fernando defende candidatura de Moro: “Caso de defesa da democracia”
Arte: Joelto Mata

O ex-coordenador da Lava Jato Carlos Fernando Lima disse, em entrevista ao Papo Antagonista, que o ex-juiz Sergio Moro deveria agora se lançar candidato à Presidência em 2022. A candidatura, segundo ele, seria uma resposta à iniciativa de parlamentares de tentar cassar direitos de juízes e procuradores.

Nesta quarta-feira (25), a deputada Margarete Coelho (PP-PI) apresentou a proposta de um novo Código Eleitoral, que traz um dispositivo que impede a candidatura de magistrados e membros do Ministério Público que tenham se afastado do cargo há menos de 5 anos.

“O que eles estão fazendo é nos cassar o direito político. Eu não defendia necessariamente a candidatura de Moro. Mas hoje eu creio que Moro deve ser candidato, até porque é um caso de defesa da democracia, que seja para perder. Esse é o jogo.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO