ACESSE

Descobriram o problema do Brasil

Telegram

Carlos Fernando dos Santos Lima, na Crusoé:

“Descoberto o problema do Brasil! Tantos anos de subdesenvolvimento, de uma forma de fazer política baseada em uso de dinheiro ilícito, em rachadinhas, obras superfaturadas e outras formas de corrupção são culpa do mensalão e da Lava Jato. O Brasil idílico de antes dessas operações, aquele Brasil de Collors e Sarneys, Lulas e Lalaus, Aécios, Renans e Jeffersons precisa voltar. Todos unidos contra essas excrecências que tentam criminalizar a política. Sabe quanto custa manter um partido, comprar apoios e disseminar fake news? Destruamos Sergio Moro antes que se torne presidente! Calemos Deltan Dallagnol para que não surjam outros como ele! Acabemos com investigações e tudo se resolverá! Só que não!

Mesmo sendo isso um completo absurdo, no último mês temos visto uma reação contra a Operação Lava Jato vinda de diversos aliados de ocasião e oportunistas. Essa ‘Santa Aliança’ com o objetivo de denegrir o trabalho investigativo da polícia e do Ministério Público reuniu figuras aparentemente díspares, passando pelos criminalistas de sempre e pelos políticos já bem conhecidos, mas também pelo próprio governo Bolsonaro e pelo procurador-geral da República, Augusto Aras. Cada um por seus motivos inconfessáveis, mas todos irmanados em salvar o status quo.”

Leia aqui a íntegra da coluna.

Leia mais: Comprovação do elo entre a Presidência da República e o gabinete do ódio complica Bolsonaro. Clique e leia

Comentários

  • Isaias -

    O povo está quieto, totalmente passivo, apático, também pudera, depositou suas esperanças num frouxo que se cercou de generais e agora de corruptos, o povo assiste a tudo "embasbacado", de novo.

  • Luis -

    Lulopetismo, bolsopetismo, lavajatismo.... O terceiro, por enquanto, é o menos ruim e ameaça os outros dois e muitos outros

  • Carlos -

    Nao confio em ninguém dos 3 poderes. Como falam nos morros. TA TUDO DOMINADO. Enquanto isso cada um brigando pelo seu politico de estimacao

Ler 95 comentários