Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Carlos Henrique diz que Ramagem o levou para reunião com Bolsonaro sem Moro e Valeixo

Em novo depoimento hoje, obtido por O Antagonista, o delegado Carlos Henrique Oliveira de Sousa, ex-chefe da PF no Rio, afirmou que, no ano passado, foi levado por Alexandre Ramagem para uma reunião com Jair Bolsonaro no Palácio do Planalto que não contou com a presença de Sergio Moro e Maurício Valeixo.

Na época, ele era superintendente da PF em Pernambuco e iria substituir Ricardo Saadi, que antecipou sua saída da superintendência do Rio por pressão de Bolsonaro. Segundo Ramagem, “era importante o depoente conhecer o presidente Jair Bolsonaro”.

“Havia um convite prévio do delegado Alexandre Ramagem para que o depoente comparecesse numa audiência com o presidente Jair Bolsonaro; Que o então ministro Sergio Moro e o então diretor Valeixo sabiam dessa reunião e autorizaram a sua participação; Que o então ministro Sergio Moro e o então diretor Valeixo não foram nessa reunião, pois estavam fora de Brasília, ressaltando que essa reunião contaria, a princípio, com a presença do então ministro Sergio Moro e do diretor Valeixo”.

Carlos Henrique disse que, na ocasião, Bolsonaro não fez perguntas sobre investigações em curso e que “não foi declarado nenhum objetivo específico para a sua audiência com o presidente Jair Bolsonaro”.

“O Delegado ALEXANDRE RAMAGEM apenas pontuou que seria importante o depoente conhecer o Presidente JAIR BOLSONARO; QUE o depoente ressalta que tão logo comunicou imediatamente aos seus superiores em especial ao Dr. MAURÍCIO VALEIXO que autorizou essa audiência com o Presidente JAIR BOLSONARO; QUE perguntado se o depoente tem conhecimento se algum outro Superintendente foi convidado pelo DPF RAMAGEM para igualmente participar de uma reunião com o Presidente, o depoente respondeu que não tem conhecimento”.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO