Cármen dá mais 30 dias para inquérito de Aécio

A ministra Cármen Lúcia, de plantão no recesso do Judiciário, concedeu mais 30 dias para que a Polícia Federal conclua o inquérito que apura se Aécio Neves recebeu repasses da Odebrecht, informa o G1.

No inquérito, o senador é investigado por ter recebido R$ 30 milhões da empresa para influenciar o andamento dos projetos hidrelétricos do Rio Madeira.

A Andrade Gutierrez, segundo a investigação, teria dado mais R$ 20 milhões em vantagens indevidas.

Comentários

  • INTERVENÇÃO -

    NÃO É POSSÍVEL QUE ELE CONSIGA ESCONDER TANTO DINHEIRO ASSIM POR TANTO TEMPO. PROCUREM, PROCUREM, PROCUREM O CAMINHO DO DINHEIRO. IMÓVEIS, CARROS, FAZENDAS, AVIÕES, CASAS EM MIAMI, CONTAS NA SUIÇA, MALAS DE DINHEIRO, IRMÃS RICAS COMO NO CASO DO ROMÁRIO. O IDEAL É SE A RECEITA FEDERAL PUDESSE AJUDAR.

  • paneleiro -

    Usa a mesma farinha

  • Vicente -

    Carmem, talvez você é mineira, mas acho que perdeu seu ADN. Mineiro não resolve od problemas somente com frases bonitas, mineiro resolve os problemas com coragem, falando pouco, mas falando a verdade. Você enrola todo mundo, como os cariocas, e mente como os paulistas. Não nos envergonhe mais!

Ler 34 comentários