​Cármen Lúcia (a Renan): “Exigimos respeito”

Assistam ao vídeo em que a presidente do STF e do CNJ diz que “não é admissível aqui, fora dos autos, que qualquer juiz seja diminuído ou desmoralizado”.

Nada de “juizeco”, portanto.

Faça o primeiro comentário