Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Cármen Lúcia dá 48 horas para governo se explicar sobre nota de R$ 200

Cármen Lúcia dá 48 horas para governo se explicar sobre nota de R$ 200
Foto: José Cruz/Agência Brasil

A ministra Cármen Lúcia, do STF, deu 48 horas ao governo para se explicar sobre a intenção de lançar uma nota de 200 reais.

A ministra atendeu parcialmente ao pedido dos partidos PSB, Rede e Podemos, que entraram com ação para barrar a nova cédula.

“Requisitem-se, com urgência e prioridade, informações ao Presidente do Banco Central do Brasil, a serem prestadas no prazo máximo e improrrogável de quarenta e oito horas”, escreveu a ministra.

Os partidos argumentaram que “o Banco Central não apresentou nenhum estudo ou documento estruturado que trouxesse de forma aprofundada as razões e implicações da medida”.

Por meio da Lei de Acesso à Informação, O Antagonista conseguiu os pareceres simplificados. Os estudos técnicos detalhados sobre a nota de R$ 200 foram sujeitos a restrição temporária de acesso público, por um ano. Leia mais:

Para bancar cédula de R$ 200, governo vai reduzir impressão de notas menores

R$ 50 bilhões a mais: o gráfico que convenceu o governo a criar a nota de R$ 200

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO