Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Cármen Lúcia diz que Marconny tem que comparecer à CPI

A ministra do STF negou um pedido da defesa para que o lobista ligado à Precisa não precisasse comparecer à comissão parlamentar
Cármen Lúcia diz que Marconny tem que comparecer à CPI
Foto: Adriano Machado/Crusoé

A ministra do STF Cármen Lúcia acaba de decidir que o lobista Marconny Faria precisa depor à CPI da Covid. Mais cedo, a defesa apresentou um habeas corpus para que ele fosse dispensado do depoimento.

Os advogados de Marconny argumentavam que ele é visto como investigado pelos senadores. Para a defesa, grande parte das acusações contra o lobista é fruto de uma investigação do MP do Pará.

Na decisão, a ministra reitera que a convocação é na condição de testemunha, por isso ele deve comparecer.

Marconny prestaria depoimento nesta quinta-feira (2) à CPI da Covid, mas não compareceu. A comissão pediu que ele fosse conduzido coercitivamente e cogitou a possibilidade de prisão preventiva.

Ontem, Marconny Faria havia apresentado um atestado médico para não depor à CPI, alegando que estava com dores pélvicas. Depois da pressão dos senadores, o médico responsável pelo atestado voltou atrás e disse que iria cancelar o atestado.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO