ACESSE

Cármen Lúcia impede quebra de sigilo de celular-bomba

Telegram

O presidente da CPI do BNDES, Vanderlei Macris, do PSDB de São Paulo, anunciou há pouco que a ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal, proibiu a comissão de quebrar a senha do celular do ex-diretor Jurídico da JBS Francisco de Assis e Silva, diz a Crusoé.

Leia a nota completa aqui.

Os grampos que ligam Joesley, da JBS, com os poderosos de vários partidos. LEIA AQUI

Comentários

  • Enilze -

    Muita gente blindada.

  • Alberto -

    Impressionante nosso STFake. Agem, alguns, como alunos de direito discutindo suas teses jurídicas. A diferença, é que, para os alunos, suas conclusões não tem consequências enquanto no STF mudam vidas

  • Teresa -

    Como assim dona Carmem, até tu faz parte da quadrilha?

Ler 104 comentários