Cármen Lúcia rejeita pedido de Flordelis para tirar tornozeleira

A ministra Cármen Lúcia rejeitou pedido da deputada Flordelis para retirar a tornezeleira eletrônica.

Na decisão, citou artigo do regimento do STF que manda negar seguimento a pedido “manifestamente inadmissível, improcedente ou contrário à jurisprudência dominante”.

A Justiça impôs o monitoramento por causa da dificuldade em encontrar a deputada, após a acusação de que mandou matar o marido, o pastor Anderson do Carmo.

No pedido feito ao STF, ela também contesto a ordem de permanecer em casa entre 23h e 6h.

Leia mais: Por que a escolha de Bolsonaro para o STF agrada a Renan, PT, PDT...
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 21 comentários
TOPO