Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Cármen Lúcia: STF 'não se verga e não se fecha'

Em homenagem a Luiz Fux, que completa um ano na presidência do Supremo, ministra rebateu ataques de Bolsonaro a Moraes e à corte durante o 7 de Setembro
Cármen Lúcia: STF não se verga e não se fecha
Foto: Fellipe Sampaio/SCO/STF

No final da sessão plenária do STF nesta quinta (9), Cármen Lúcia afirmou que o Supremo não se “destrói”, se “verga” ou se “fecha”, porque a corte é “a projeção da Justiça”.

A ministra discursou em homenagem a Luiz Fux, que completa um ano na presidência do STF nesta sexta (10), e em resposta aos ataques golpistas de Jair Bolsonaro ao tribunal no 7 de Setembro —hoje, o presidente divulgou uma declaração em que culpou o “calor do momento” e diz que nunca teve “nenhuma intenção de agredir quaisquer Poderes”.

Cármen comentou a ofensiva de Bolsonaro contra Alexandre de Moraes dizendo que nenhum juiz atacado no exercício de seu cargo é “atingido isoladamente”.

LEIA AQUI a reportagem de Ana Viriato na Crusoé; assine a revista e apoie o jornalismo independente.

Mais notícias
TOPO