Cármen quer que Espanha peça extradição de terrorista

Telegram

Cármen Lúcia determinou que o Ministério da Justiça notifique a Espanha para que peça a extradição do terrorista Carlos Garcia Juliá, preso nesta semana em São Paulo.

O terrorista espanhol de extrema direita foi condenado a 193 anos pelo Massacre de Atocha, em 1977.

A Polícia Federal, que localizou Juliá, descobriu que o terrorista vivia com identidade falsa no bairro da Barra Funda, em São Paulo.

Comentários

  • Alexandre -

    Extrema direita? corrige isso aí!

  • OBSERVADOR -

    E o terrorista italiano quando vai?

  • Daisy -

    Curioso como Carmen Lúcia foi bem mais complacente com o terrorista italiano. Teria algo a ver com o fato do espanhol ser de extrema direita???

Ler 49 comentários