Carne Fraca: “vinho do porto” era código para propina

A Polícia Federal suspeita que “vinho do orto” seja uma das expressões usadas pela máfia de fiscais do Ministério da Agricultura para se referir às propinas. Em um telefonema interceptado pela PF, Maria do Rócio Nascimento, chefe dos fiscais no Paraná, utiliza a expressão em conversa com a irmã, Sônia. Ambas estão presas.

Veja o trecho reproduzido pelo Estadão:

MARIA– alguém passou aí?

SONIA– não.

MARIA– não?

SONIA– não.

MARIA– uhum.

SONIA– não passou aqui.

MARIA– é então ele deve passar daqui a pouco Sônia.

SONIA– tá bom.

MARIA– porque daí eu aviso o Daniel tá.

SONIA– tá.

MARIA– para pegar aí, tá bom.

SONIA– o Dr Daniel vem pegar?

MARIA– vem pegar…Sônia sabe o vinho do Porto que fiz o pedido?

SONIA– aham.

MARIA– vai entregar aí, tá

SONIA– tudo bem.

MARIA– aquele vinho do Porto que eu fiz o pedido; fui eu que fiz tá?

SONIA– entendi.

MARIA– e aquele outro era para ir lá…tá né… só verifica assim mas por curiosidade, quanto que é…né (risos).

SONIA– entendi, entendi tudo’