Cartel da propina no Instituto Lula

Marcelo Odebrecht, Alexandrino Alencar e Paulo Melo delataram a compra do terreno do Instituto Lula, segundo a Folha de S. Paulo.

A reportagem acrescenta um fato que tem de ser investigado pela Lava Jato:

“A ideia, segundo os delatores, era que após a Odebrecht comprar o imóvel outras grandes empresas ajudassem a construir o prédio do Instituto Lula”.

O cartel das empreiteiras montou um consórcio para repassar propina a Lula.

Faça o primeiro comentário