Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Casa Civil não produziu ata de reunião com farmacêuticas na mira da CPI

A pasta não tem registros, e-mails ou gravações de um encontro entre ministros e representantes das empresas EMS e Eurofarma
Casa Civil não produziu ata de reunião com farmacêuticas na mira da CPI
Foto: Marcos Corrêa/PR

A Casa Civil não tem registros, e-mails ou mesmo a ata de uma reunião convocada pelo ministro Luiz Eduardo Ramos em 10 junho com executivos da indústria farmacêutica e os ministros Carlos França, das Relações Exteriores, Marcelo Queiroga, da Saúde, Marcos Pontes, da Ciência e Tecnologia e Tereza Cristina, da Agricultura, diz a Crusoé.

O encontro contou com a presença de representantes das empresas EMS e Eurofarma, que estão na mira da CPI da Covid por terem sido beneficiadas pelo Itamaraty na obtenção de insumos na Índia para fabricação de cloroquina.

“Naquele mesmo dia 10 de junho, reportagem do jornal O Globo revelou que o próprio presidente Jair Bolsonaro atuou em favor das empresas EMS e Apsen em telefonema com o primeiro-ministro indiano, Narendra Modi. Como mostrou Crusoé, o senador Ciro Nogueira, do PP do Piauí, agiu para blindar a EMS de pedidos de quebra de sigilo na comissão.”

Leia mais aqui.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO