Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Cascavel diz que foi procurado por “picaretas da vacina”

No início de 2021, integrantes da Saúde negociaram a compra de vacinas com empresas como a Davati, que prometeu 400 milhões de doses
Cascavel diz que foi procurado por “picaretas da vacina”
Foto: Pedro França/Agência Senado

O empresário Airton Cascavel disse há pouco à CPI da Covid que, quando era assessor especial de Eduardo Pazuello, foi procurado por vários “picaretas da vacina”.

Ao ser questionado sobre o tema pelo senador Eduardo Braga (MDB-AM), Cascavel afirmou:

“Eu quero dizer que, quando se fala de picaretas da vacina, eu criei ojeriza de ver isso. Eu estava no ministério, senador, e quantos picaretas apareciam. E eu resolvi, a mim, não receber nenhum, porque no momento em que você não tinha a fábrica da Astrazeneca, não tinha um milhão de vacinas para entregar para o Brasil, picaretas apareciam querendo vender 200 milhões, 100 milhões… Era para todo lado, de todo jeito”, disse.

No início deste ano, integrantes do Ministério da Saúde negociaram a compra de vacinas com empresas como a Davati, que prometeu 400 milhões de doses, mas sem condições de entregá-las à pasta.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO