Caso Battisti logo mais no STF

O TRF-3 manteve por unanimidade hoje a substituição da prisão preventiva por medidas cautelares alternativas ao terrorista italiano Cesare Battisti. Trata-se das consequências do episódio em que ele foi preso preventivamente por evasão de divisas em Corumbá, no Mato Grosso do Sul, no início deste ano.

Logo mais, a Primeira Turma do STF discutirá um pedido da defesa do terrorista para evitar a extradição do italiano.

As sessões das turmas do Supremo não são transmitidas. Acompanhem conosco a partir das 14h.

 

 

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 23 comentários
  1. Itália deveria contratar o Mossad para despejar este cara numa delegacia de Roma. Express Delivery. No entanto, b@b@c@s inúteis, mas muito bem remunerados, de um Subpremo indecente, ficam postergando a extradicao do assassino.
    Esta história, desde o comeco, foi um escárnio: asilo político para um assassino. Só mesmo na cabeca oca de um imoral como luladrao! E ainda temos q suportar uma muié, q se prestou a ser usada para gerar um filho, a fim garantir a permanência do assassino no país, importunando.

  2. Alguns defensores do terrorista está defendendo a tese de que ele não pode ser extraditado “porque constituiu família no Brasil”. Engraçado, pelo que consta, ele fugia SOZINHO para a Bolívia quando foi preso, não? Na hora da fuga deu uma banana pra família brasileira. Na hora da extradição, a família vira escudo?

  3. Iiiii, hoje é dia de palavras “bonitas” da suprema mineirinha neves, não vai deixar passar a oportunidade de falar alguma coisa bacaninha para aparecer no Jornal Nacional, triste senhora

  4. O STF, espero, não vai decidir nada diferente da época anterior, deixando a decisão para a Presidência da República! E Temer terá que agir, extraditando, se não, estará conivente com a impunidade e ose bárbaros crimes, cometidos pelo italiano maldito.