Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Caso Covaxin volta à pauta do TCU, e ministro vê 'questões nebulosas'

Tribunal de contas já investiga contrato para compra de vacina indiana desde o fim de março; assunto está sendo discutido nesta terça, após revelações de O Antagonista
Caso Covaxin volta à pauta do TCU, e ministro vê questões nebulosas
Foto: Divulgação/TCU

As supostas irregularidades no contrato firmado pelo Ministério da Saúde para a compra de 20 milhões de doses da vacina indiana Covaxin tornaram-se pauta na sessão do TCU desta quarta-feira, 23.

Hoje, O Antagonista revelou que o deputado Luis Miranda, do DEM-DF, alertou Jair Bolsonaro sobre indícios de irregularidades na compra da vacina.

Em férias, o ministro Benjamin Zymler solicitou que a presidente do TCU, Ana Arraes, comunicasse ao plenário que ele já pedira informações ao ministério sobre o contrato da Covaxin em 31 de março, com base em requerimento de Alessandro Vieira. Outro ministro, Bruno Dantas, apontou “questões nebulosas”.

LEIA AQUI a reportagem de Ana Viriato na Crusoé; assine a revista e apoie o jornalismo independente.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO