Caso Daniel Silveira deve durar pelo menos dois meses

Caso Daniel Silveira deve durar pelo menos dois meses
Presidente do conselho de ética Deputado Juscelino Filho

O presidente do Conselho de Ética, Juscelino Filho (DEM-MA), afirmou há pouco que o processo por quebra de decoro parlamentar contra o deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) deve durar, no mínimo, dois meses.

Nesta quarta-feira (24), Filho vai escolher o relator entre os deputados Professora Rosa Neide (PT-MT), Fernando Rodolfo (PL-PE) e Luiz Carlos (PSDB-AP).

“A gente precisa cumprir todo o rito, de respeito ao devido processo legal, com prazo da defesa, prazo de instrução probatória, prazo para o relator emitir um parecer. Depois dessas fases, o relatório vai a discussão e votação. O prazo é até 90 dias úteis para que o processo esteja no plenário da Câmara”, disse Filho na saída do Conselho de Ética.

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie a o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO